O pé plano, popularmente conhecido como pé chato, é a diminuição do arco plantar medial do pé. Pode aparecer na infância ou na idade adulta e ser sintomático ou não.

   Nas crianças pode ser notado logo que elas começam a andar, e ser percebido como um pé “torto" ou achar que a criança está “pisando errado”. Esses casos em geral são de pés planos flexíveis e na maioria das vezes sem dor. O pé pode evoluir para um arco normal com o crescimento ou permanecer plano pelo resto da vida, geralmente quando há fatores hereditários associados. 

   Nos adultos o pé chato é associado à doença do tendão tibial posterior, chamada insuficiência do tendão tibial posterior. Nesses casos um paciente com pé previamente normal começa a notar que seu pé está ficando chato e sente dor. O tendão tibial posterior fica na parte de dentro do tornozelo e é um dos responsáveis por manter o nosso arco plantar medial. Quando ele fica doente, tudo começa com uma inflamação e dor no local, e conforme a doença evolui o pé se torna progressivamente mais chato e pode evoluir inclusive com artrose.

   É de extrema importância o tratamento o mais rápido possível para evitar a evolução da doença, e para isso é necessário um exame físico completo, radiografias com carga e eventualmente exames complementares.

   O tratamento pode ser conservador nos casos mais leves, com fisioterapia e palmilhas, e se já houver deformidade é indicada cirurgia. A cirurgia varia conforme o paciente e o grau de deformidade, podendo incluir transferência de tendões, osteotomias do calcâneo e metatarsos ou, em casos mais avançados, artrodeses. Não deixe de procurar um especialista no início dos sintomas para um melhor resultado do tratamento!

Pé plano ( pé chato)

Dra. Thais Buchaim Said

CRM 128971 - TEOT 12344

Ortopedia e Traumatologia

Cirurgia do Pé e Tornozelo

  • LinkedIn Clean Grey
  • logo frade said
  • Facebook Clean Grey